sábado, 8 de junho de 2013

Uma crônica ou uma dissertação

Era 1997 e iniciei meu segundo grau num colégio diferente, muito mais rígido que o anterior, e logo na primeira redação tomei uma saraivada de comentários em vermelho da professora.

Quando voltei da aula meu pai conheceu a nota próxima de zero e, por consequência, quis ler o texto e analisar as críticas. O erro: era pra fazer uma dissertação e acabei inventando uma história, narrando ao invés de refletir.

Talvez por ser escrivão de polícia, meu pai se sentiu na obrigação de me ensinar a escrever de acordo com o proposto. E durante o resto da semana fui obrigado a fazer um milhão, quatrocentos e dezessete redações sob supervisão paterna.

Na redação seguinte, orgulhoso da nota longe de zero e dos comentários em vermelho apontarem erros gramaticais e não mais de construção, meu pai soltou um “viu como valeu a pena?”.

Desde então ouço essa frase depois que termino todos os textos aqui no blog. Nem que hoje em dia seja apenas em meus pensamentos.

(lembrei disso pq essa crônica me encantou)

Lynyrd Skynyrd - All I Can Do Is Write About It

Nenhum comentário: