terça-feira, 24 de agosto de 2010

Iguazu Falls e Santos Dumont

É, fui lá ver as Cataratas do Iguaçu. E quando o passeio terminou, avistei uma estátua do Santos Dumont e questionei delicadamente: "qual político gastou dinheiro nessa merda?"

E o guia turístico explicou: foi Santos Dumont quem pressionou o governo do Paraná para transformar a região das cachoeiras em parque público.

Em 1916, o bigode voador fez uma viagem de Buenos Aires à São Paulo e deu uma paradinha pra conhecer o Salto Iguassu. Encantado, dias depois concedeu entrevista ao Estadão: "É o Niagara latino, oferece o mais bizarro pitoresco deste mundo: cachoeiras numerosas e variadíssimas, ilhas espalhadas, vegetação e uma infinidade de aspectos belíssimos".

E então Dumont comprometeu-se em ajudar na criação de um parque nacional, pois em 1876, o governo já havia recebido proposta para transformar o local em parque, mas nada havia sido formalizado. E - veja só o poder da política - poucos meses após a pressão do ilustre visitante, o local - até então propriedade particular - é declarado público. E, finalmente, em 1939 é criado o Parque Nacional do Iguaçu.

Santos Dumont é o cara, meu amigo.

Valeu, Dumont!

Let's Rock! >>> Sufjan Stevens - Niagara Falls / Sebastião Estiva - Para Fazer Tai-Chi Nas Cataratas Do Iguaçu

3 comentários:

Rômulo disse...

Precisava sacanear o Dumont com a camisa do Parmêra?

Maira disse...

Marcelo é cultura...
Não é que o Santos Dumont era também ambientalista!!! Gostei!

Graci Mello disse...

E olha que a gente vai pra lá e nem se pergunta sobra esse tipo de coisa,né...rs
Total cultura, hein, Marcelo