quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Edmílson, a nova referência palestrina.

Agora que o volante/zagueiro Edmílson (32 anos, ex-SPFW, Lyon, Barcelona, Villareal e Brasil) foi oficialmente contratado, o elenco do Palmeiras está praticamente definido. Apenas alguns ajustes, como as novelas para contratar o atacante Kléber e o lateral-direito Coelho, poderão alterar as expectativas com o padrão tático do time.

Luxa é fã incondicional do 4-4-2 e, assim que ajustar a equipe, tentará enquadrá-la nesse esquema. Por enquanto, não acredito que o treinador deva expor um time ainda desalinhado ao adversário e, por segurança, o Palmeiras deve atuar num 3-5-2. E é nessa transição tática (3-5-2 para 4-4-2) que o polivalente pentacampeão Edmílson tem papel fundamental.

Desde que esteja em boas condições físicas, o experiente jogador pode atuar atrás da zaga, como líbero, ou saindo pro jogo, como volante. O estilo de jogo e liderança de Edmílson permite que o esquema seja alterado no decorrer das partidas, com tranquilidade, de acordo com os pedidos de Luxa.

Aposto que Luxemburgo utilizará Edmílson como líbero, o terceiro zagueiro que orienta a zaga, por enquanto. Aos poucos, com o time ganhando confiança e equilíbrio, sacará um volante e avançará o pentacampeão, colocando um atacante, Marquinhos ou Kléber, ao lado do matador Keirrison. Tentando entender Luxemburgo, não vejo como ser diferente.

1º momento, no 3-5-2:
Marcos; Gustavo (Maurício Ramos), Edmílson e Danilo; Capixaba (Coelho), Pierre, Sandro Silva, Cleiton Xavier e Armero; Diego Souza e Keirrison.

2º momento, o ideal para Luxa, no 4-4-2:
Marcos; Capixaba (Coelho/Sandro Silva), Gustavo (Maurício Ramos), Danilo e Armero; Pierre, Edmilson, Cleiton Xavier e Diego Souza; Marquinhos (Kléber) e Keirrison.

AVANTI, PALESTRA!

Let’s Rock! >>> Delta Spirit - People, Turn Around

Nenhum comentário: