sexta-feira, 18 de abril de 2008

Caso Isabella: sadismo ou mau gosto?

Não agüento mais ouvir falar na merda do caso da guria que jogaram pela janela. Segundo a Folha de São Paulo, a audiência dos telejornais cresceu 46% desde o acontecido. Fico puto com o interesse do público pela tragédia, pelo gosto por detalhes da desgraça alheia. Nunca suportei o sensacionalismo barato do Gugu Liberato, sempre achei de extremo mau gosto as manchetes sangrentas da Tribuna do Paraná ou do Aqui Agora. Deveria bastar a informação.

E esse sensacionalismo travestido de informação, pra mim, não é jornalismo. É o Jornal Nacional brincando de Domingo Legal.

Let´s Rock! Neil Young - The Restless Consumer
(Don't need no TV ad tellin' me how sick I am)

6 comentários:

Fernando Souza disse...

arranjaram outra coisa pra colocar no lugar do Big Brother..

Walter disse...

porra, ainda prefiro esse tipo de cobertura ao invés da não-cobertura, como acontece nos abalos sobre política. e é melhor isso, do que aquelas viagens do povo da globo com a seleção brasileira, cobrindo de dentro do avião os jogos, e bla bla bla.

é de mal gosto a qualidade. mas ao menos estão cobrindo até descobrir o que aconteceu de verdade. alguém lembra do caso do jornalista que era diretor da folha (eu não lembro o nome) que matou a namorada, do nada? alguém lembra que quando mataram o pc farias, ficaram mais falando dos podres dele do que do assassinato, que não se soube pela mídia se descobriram a autoria?

as vezes é melhor querer melhorar o que é ruim do que não suportar sua existência.

[momentoadvogadododiabo]

juju disse...

defenestraram a isabela.

Marcelo Urânia disse...

waltin, como é q eu vou melhorar a cobertura jornalistica? ou como é q eu vou melhorar o nível crítico da sociedade brasileira? isso é macro, cara. longe do meu alcance. no máximo, muito no máximo, tento fazer com que os próximos a mim tenham consciência de que essa balburdia toda em cima da guria tem como maior interesse aumentar a audiência e depois, quem sabe, averiguar quem matou de fato a coitada da isabella.

concordo contigo q é melhor essa merda do q nada, sem dúvida. mas o fim não justifica o meio. era beeeeeeeem melhor uma investigação séria e responsável.

enquanto isso, os iletrados, humildes de senso crítico, ficam fazendo bolo pra comemorar o aniversário da menina ou então indo pra frente da delegacia como se fosse pra balada.

e o pior de tudo, não é exatamente a péssima e irresponsável cobertura 'jornalística', é a impune manipulação do povo.

uma pena.

Marcelo Urânia disse...

[rapaz consciente mode off] hahaha

Paty Selune disse...

O povo adora novela. Simples assim :D dando audiencia é o q importa $$$
pau no cu da televisão brasieira!!!