terça-feira, 29 de abril de 2008

Outra dose de rock’n roll, por favor...

Assim que o relógio aponta 18h, a turma aqui da empresa entorna um whisky. Eu aumento o volume e ouço Whiskeytown.

[trocadalho do carilho mode off]



Let’s Rock! >>> Whiskeytown - 16 Days

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Tutorial: Como baixar filmes via Torrent?

Seu amigo nerd baixa os filmes mais legais do mundo e você fica na vontade? Todo mundo comenta o nono episódio da quarta temporada de Lost e você acompanha a versão dublada pela Globo? Você não sabe o quê é Californication, My Name Is Earl ou The Big Bang Theory só porque não tem TV a cabo? Sofre com o rapidshare ou megaupload?

Não se desespere, seus problemas acabaram! É muito mais fácil baixar filmes e séries de tv do que você imagina. O .torrent veio para brilhar!

1º PASSO: o programa pra usar o arquivo .torrent
Você precisa de um programa especial para usar o arquivo .torrent e baixar o filme que você quer. Recomendo o BitComet, mas o BitTorrent também é bom. Existem outros, mas minha nerdice conhece apenas dois. É só baixar e instalar um desses programas, são leves e fáceis de usar.

2º PASSO: encontrar e baixar o arquivo .torrent
Você encontra milhares de sites que oferecem um arquivo .torrent do seu filme ou série preferido, existe .torrent pra buscar games, softwares, músicas... O maior e mais fodidão é o www.mininova.org Tem de tudo lá, impressionante. É só digitar o nome do filme/série dentro do site que irá aparecer trocentas opções. Outro bom é o www.piratebay.org. A dica é baixar o arquivo que tenha mais seeds, ou seja, mais fontes para você ser feliz. Outra opção é digitar o nome do filme que você quer no Deus Google, entre aspas, e escrever torrent. Na maioria das vezes dá certo. Um outro site legalzão com mil opções de filme é o www.cinecombo.blogspot.com (já vem com legenda!)

3º PASSO: baixando o arquivo .torrent
Importante salientar que o arquivo torrent é levíssimo, mais leve que um documento do Word, por exemplo. Ele contém umas repimbocas-da-parafuseta pra buscar o filme que você quer e trazer para o seu computador. E os nomes dos arquivos .torrent são estranhos, não se assuste. Tudo é feito para você não baixar o arquivo errado. Um exemplo é o último episódio de Lost, encontrado no mininova: Lost.S04E09.HDTV.XviD-2HD.[eztv].torrent Em primeiro lugar aparece o nome do filme/série desejado (Lost). Depois, qual episódio/versão (S04E09). Depois aparece a fonte desse arquivo (HDTV = TV Digital). Um filme, é melhor que seja DVDRip ou DivX ou XviD. O resto das letrinhas eu não sou nerd o suficiente pra saber. Quando você achar o quê deseja, pasme, pode clicar em DOWNLOAD.

4º PASSO: usar o arquivo .torrent
Você baixou o arquivo .torrent em segundos, afinal de contas, é muito leve. Agora é só clicar duas vezes que o programa (BitComet ou BitTorrent) abrirá automaticamente. Aí é só confirmar que você quer baixar o filme/série e pronto. O download será iniciado. Agora é só esperar. Um filme de duas horas, tem cerca de 1GB de tamanho. Com uma conexão decente e um número bom de seeds, deve demorar no máximo duas noites pra baixar. Às vezes mais, às vezes menos. Um episódio de série, uns 400MB.

5º PASSO: a legenda
Você baixou o filme, tá com o arquivão ali supimpa pra assistir, mas não entende bosta nenhuma do que as pessoas falam. Não se desespere. A legenda te salva, amigão. O site www.legendas.tv tem quadruzilhões de legendas, em várias línguas. Nerds do mundo inteiro se empenham pra você ser feliz. Dá até pra baixar legenda em inglês e treinar o vocabulário! Se por acaso não encontrar, vá nas comunidades do filme no Orkut e pergunta lá que alguma alma caridosa deve te ajudar. Arquivo levíssimo também. Pra fazer a legenda aparecer no vídeo, basta colocar o mesmo nome no arquivo da legenda e no arquivo do vídeo. Por exemplo, o arquivo de vídeo chama-se aventurasanaisdetiazinha.avi, coloque o nome do arquivo da legenda como aventurasanaisdetiazinha.srt.

6º PASSO: hora de assistir
Dependendo do arquivo de vídeo que você baixa, seu querido Windows Media Player pode não suportar. Fica frio, é tudo culpa do Bill Gates, aquele puto. O melhor a fazer, pra não passar raiva, é baixar o Real Alternative, é um player que possui vários trequins importantes (codecs) que os novos arquivos de vídeo necessitam pra rodar e te deixar feliz.

Seja feliz, velhinho.

Let´s Rock! Willy Mason – We Can Be Strong

terça-feira, 22 de abril de 2008

Terremoto em Curitiba!

Segue matéria da Gazeta do Povo:

(...) o tremor foi sentido em Curitiba, Piraquara, São José dos Pinhais e Ponta Grossa. Não há registros de danos em imóveis e nem feridos. Na Capital, o fenômeno ocorreu principalmente nas regiões dos bairros Bacacheri, Boa Vista Rebouças, Portão, Água Verde e Novo Mundo.

Os tremores foram sentidos principalmente por moradores de prédios altos. Nélida Boiski Cezar, 64, moradora do sexto andar em um edifício no bairro Alto da Glória contou que estava deitada no sofá, assistindo a novela, quando notou que o sofá tremia e a cadeira de balanço se movia sozinha. "Foi um susto. Quando senti tudo tremendo, pensei que estava tendo um ATAQUE CARDÍACO.".

hahahahahaha!

Ah! Apesar de morar no mesmo bairro da Dona Nélida, aqui em casa não rolou tremilique sísmico.

Let's Rock! >>> Richard Ashcroft - Nature Is The Law

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Futebol é magia!

Até os chilenos ficaram empolgados...



Let´s Rock! >>> Moacyr Franco - Palestra, Palmeiras!

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Caso Isabella: sadismo ou mau gosto?

Não agüento mais ouvir falar na merda do caso da guria que jogaram pela janela. Segundo a Folha de São Paulo, a audiência dos telejornais cresceu 46% desde o acontecido. Fico puto com o interesse do público pela tragédia, pelo gosto por detalhes da desgraça alheia. Nunca suportei o sensacionalismo barato do Gugu Liberato, sempre achei de extremo mau gosto as manchetes sangrentas da Tribuna do Paraná ou do Aqui Agora. Deveria bastar a informação.

E esse sensacionalismo travestido de informação, pra mim, não é jornalismo. É o Jornal Nacional brincando de Domingo Legal.

Let´s Rock! Neil Young - The Restless Consumer
(Don't need no TV ad tellin' me how sick I am)

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Fiesta Xplod, o fino da música ao volante

Eu realmente gosto de música. Tanto que não consigo dirigir sem uma melodia preenchendo o cockpit. Gravo uns cd-rw's e encaro o trânsito - congestionado ou não - na mais pura paz, aproveitando o tempo entre semáforos para conhecer, analisar ou apenas cantarolar alguns sons. Pra mim, música no carro é qualidade de vida.

Saca só os discos do último cd-rw, gravado ontem:

A Ghost Is Born, Wilco | Charme Chulo, Charme Chulo | Down With Wilco, The Minus 5 | Flowers, Echo & The Bunnymen | If The Ocean Gets Rough, Willy Mason | It’s Not How Far You Fall, It’s The Way You Land, Soulsavers | Jacksonville City Nights, Ryan Adams & The Cardinals | No Wish To Reminisce, Neal Casal | Pulp Fiction Soundtrack, Vários | Rainy Day Music, The Jayhawks | Tom Bloch 2, Tom Bloch | Uma Tarde Na Fruteira, Júpiter Maçã


Let´s Rock! >>> Soulsavers - Revival

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Earl, o Karma e você

Eu acredito em Karma. Saca aquela história da ação e reação difundida pelo Budismo, por Newton e pelo Earl? Então, eu acredito. Ou, no mínimo, fico ressabiado.


Sempre procuro fazer o bem, por ética, seguindo o moral dos bons costumes que papai e mamãe me ensinaram, mas, na real, lá no fundo, não pratico o mal por medo de receber de volta um mal em intensidade equivalente ao mal causado. E, é claro, pratico o bem na esperança de receber de volta um bem em intensidade equivalente ao bem causado.

Por exemplo, o Earl fez tanta merda na vida que, quando foi sorteado na loteria, perdeu o bilhete (haha). A partir daí, tenta corrigir seus erros e fazer tudo da melhor forma possível para ter uma vida melhor, para viver bem consigo mesmo.

Definitivamente, esta maneira de ver a vida é um dos pilares do bem estar.

Gosto tanto da idéia de My Name Is Earl que pensei até em fazer uma camiseta e ficar rico, mas já fizeram. Usurpadores, o Karma os espera!

Let´s Rock! Tim Maia - No Caminho do Bem

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Uma coisa leva à outra…

Go Kart!
Todos os detalhes da corrida de estréia do maior e mais roqueiro campeonato de kart que Curitiba já viu estão aqui. Já que o assunto é velocidade...

Alonso fora da Renault
Dizem por aí que no último sábado, no Bahrein, Alonso estava desconsolado e irritadíssimo. Não se conformava com os tempos feitos na classificação, com um erro que a Renault cometeu no Q3, com a proximidade dos seus tempos para os de Nelsinho Piquet, com a falta de perspectivas... já circula uma boato que Fernandito não fica depois de Valência, corrida que será realizada em 24 de agosto. Disputaria essa prova pela equipe e pá-pum. Romain Grosjean assumiria o carro até o final do ano. Já que a Espanha veio à tona...

Zara popular
O grupo varejista espanhol Inditex, dono da Zara, vai investir US$ 3 bilhões nos próximos dois anos. Cerca de 80% será aplicado fora da Espanha. O Brasilzão é um dos alvos. C&A e Renner que se cuidem. Já que o lance é investimento...

A Mad voltou!

A Panini investiu na revista Mad, aquela, e a ressuscitou. Alfred E. Neuman voltou às bancas agora em março/abril, em sua quarta encarnação. Estão lá os célebres Ota, Aragonés e a eterna Dobradinha Mad. Não vi ainda, mas tem que ter Spy vs Spy. Já que rolou um fréxi-béqui...

Jesus no Brasil

Jesus & Mary Chain toca no Brasil em 8 de novembro. Minha primeira camiseta de banda de rock é do Jesus & Mary Chain, deve tá em algum lugar no fundo do armário que vai mofar porquê...

Válvula de Descarga
A cera da válvula da descarga lá de casa ficou velha e endureceu. Agora tenho que fechar o registro senão milhões de litros d´água são desperdiçados. Ontem, abri o registro pra tomar banho. Abri bastante. Era água pela privada e pelo ralo do box. Resultado: a vazão não suportou tanta água e inundou tudo! haha

Let´s Rock! The Jayhawks - Angelyne

terça-feira, 1 de abril de 2008

1001 Singles: Joy Division, 'Transmission'

A faixa 'Transmission' é uma das primeiras gravações da banda liderada pelo mártir Ian Curtis. Tanto que foi regravada para ser lançada como single. Este lançamento rendeu a primeira e única apresentação na TV, em setembro de 1979. Via BBC - para todo país -, o Joy Division fez uma das mais elogiadas performances televisivas do rock.


Mas a verdade é que eu nunca gostei de Joy Division além de 'Love Will Tear Us Apart'. Até assistir 'Control', o filme que reconta Ian Curtis.


A cena mais impressionante das duas horas do filme, acontece durante a apresentação na BBC, onde ‘Transmission’ é tocada ao vivo pelo elenco do filme. O personagem principal - interpretado sumptuosamente por Sam Riley -, mesmo atordoado com os problemas conjugais, eplepsia, drogas e o crescimento profissional da banda, entrega-se de maneira aterrecedora à música. O som é majestoso, mas nada de distorções e reverberações pós-punk. O vocal é rasgado no refrão, o baixolão grave toma à frente e a dupla guitarra-bateria funciona de forma crua. 'Transmission', na trilha sonora de 'Control', é punk. Impossível ficar inerte!


O vídeo da BBC transposto no filme, tornou-me um apaixonado por 'Transmission', do Joy Division. E quando tocar essa música nas baladas, vou dançar pra caraleo balançando os braços igual ao Ian Curtis!


Dance! Dance! Dance! Dance! Dance to the radio!